Início > Cloud Computing, Tendências > Padrões de consumo de CPU e Memória na nuvem ?

Padrões de consumo de CPU e Memória na nuvem ?

13/05/2010

Veja também o artigo : “Termos recentes relacionados a Cloud Computing”

Os provedores de IaaS e clientes se perguntam frequentemente se haverá um padrão no mercado para medir consumo de CPU e Memória sob demanda, sendo que clientes possam comparar ofertas, e provedores possam usar como base para fechar seus custos de cada oferta.

O que vemos é que cada provedor tem criado a sua própria métrica, e as ofertas são baseadas em níveis de serviço, como Máquinas virtuais com quantidades pré-definidas de CPU, Memória, Rede, Disponibilidade etc … ; ou ofertas por quantidade de Storage, criando assim portifólios de ofertas semelhantes mas não exatas.

Há quem diga que um dia teremos uma bolsa de CPU e Memória, sendo cotada no mercado como se fosse arroz ou milho. O fato é que provedores de tecnologias de virtualização estudaram o caso e parece pouco provável que o mercado entre em um acordo de medida comum para consumo de CPU via internet, pois as ofertas de serviços já estão mudando.

Ofertas classificadas como PaaS como é o caso da VMforce anunciada mês passado, oferecem uma nuvem onde o desenvolvedor ou empresa faz o upload de sua aplicação Java, ou até desenvolve direto no site. A aplicação é publicada, e o pagamento é feito por usuário que acessa; recursos como processamento, memória, rede, storage e até banco de dados é alocado de forma dinâmica e transparente, o usuário do serviço não precisa nem planejar antes quanto de recurso ele precisa. Se seu sistema online tiver 1 ( um ) usuário, paga um valor; conforme o numero de visitas aumenta, o custo aumenta.

Nas nuvens privadas, inúmeros parâmetros estão sendo usados para gerenciamento do Datacenter virtualizado, chegando até ao ponto dos administradores usarem custo de TI vs Watt utilizado, amarrando assim de forma exata investimento em energia elétrica contra o que pode ser produzido pelo departamento de TI com aquela quantidade de energia. Este modelo ajuda a administração de recursos de TI vs eletrecidade, prove um modelo de custo exato, e facilita a cobrança interna de consumo de tecnologia por outras áreas. Naturalmente este modelo foi criado como um dos pilares para alcançar o Datacenter Verde.

Anúncios